Top das melhores dietas: escolha a melhor para si!

Top das melhores dietas: escolha a melhor para si!

Perder peso, ter mais energia e sentir-se saudável são geralmente os motivos por de trás do início de uma dieta. Consulte primeiro o seu médico e não se esqueça do exercício físico para completar os resultados. Para além de satisfazer um desejo imediato, uma boa dieta pode ser a rampa de lançamento para uma mudança de hábitos alimentares para toda a vida.

Dieta Macrobiótica

O básico

Com origem japonesa, e seguida à risca por Madonna e Gwyneth Paltrow, a dieta macrobiótica procura reduzir a ingestão de gorduras, em detrimento das fibras, cereais integrais, legumes, leguminosas e frutas. Procura-se o bem-estar, físico e psicológico, através do equilíbrio entre os alimentos yin (aveia, cevada, centeio, milho, tomate, pepino, pimenta, beringela, espinafre, abóboras, cogumelos, alcachofra, ervilhas, alho, beterraba, lentilhas, couve-flor, pescado, porco, vaca, manteiga, margarinas, natas, iogurte, frutos, mel, açúcares, vinho, cerveja, café, chá verde) e yang (trigo, arroz, alface, cebola, cenoura, repolho, rabanete, alho-porro, nabo, grão-de-bico, salsa, agrião, linguado, sardinhas, atum, camarão, salmão, peru, pato, leite, ovos, queijos, amêndoa, azeitonas, óleos vegetais não refinados, alecrim, açafrão, vinagre, mostarda, baunilha, sal marinho). Metade de cada refeição deve ser composta por cereais integrais, como arroz integral por exemplo, 30% do seu prato deve conter vegetais e os restantes 10-20% sementes de soja, como tofu.

Diga sim:

  • À sopa de miso, uma ou duas vezes por dia. Composta essencialmente por dashi (caldo de pescado) e miso (pasta feita a partir de soja) e aos quais se podem juntar outros ingredientes como tofu, repolho, cebola, cebolinha, nabo e cenoura, galinha, cogumelos ou algas.
  • Ao peixe e à soja, à fruta e aos vegetais da época.
  • Às sementes, às nozes, ao café e às sobremesas, mas de forma moderada.
  • A um bom suplemento multi-vitamínico, uma vez que esta é uma dieta quase vegetariana, ou seja, baixa em proteínas.

Diga não:

  • Aos lacticínios, alimentos de origem animal e ao pão branco.
  • Aos alimentos processados (bolos, bolachas e chocolate), enlatados e congelados.
  • Na cozinha evite cozer ou fritar os alimentos, opte antes por cozê-los a vapor ou simplesmente comê-los cru.

Dieta Francesa

O básico

A dieta francesa, ou dieta Montignac, vem dar razão aos conselhos dados por grande parte dos nutricionistas, ou seja, propõe a ingestão de menos açúcares rápidos (chocolates, bolos, bebidas açucaradas...) e mais açúcares lentos (fruta, cereais, frutos secos…). Defensora da ideia “comer devagar e com prazer”, esta dieta tem como base três refeições diárias, onde é permitida uma grande variedade de alimentos e até pequenas “recompensas” de vez em quando. A Sharon Stone não quer outra coisa.

Diga sim:

  • Às frutas e legumes frescos.
  • Beba mais água.
  • Use e abuse das lentilhas, grão-de-bico, feijão, esparguete integral, peixe e carne magras.
  • Aos alimentos ricos em fibras e proteínas – são mais fáceis de digerir.
  • Consuma menos produtos lacticínios e corte na carne vermelha.
  • Quando cozinhar, escolha azeite, em vez de manteiga.
  • Faça algum exercício físico todos os dias.

Diga não:

  • A encher muito o prato à refeição.
  • À balança da casa de banho e vigie antes a cintura das suas calças.
  • Ao álcool em excesso.

 

Dieta Anti-celulite

O básico

Mais do que proporcionar a perca de peso, o grande objectivo desta dieta é eliminar ou reduzir a celulite, melhorando, através dos alimentos, a qualidade e a elasticidade da pele. Os alimentos permitidos são muitos, por isso, não vai sofrer com as sensações de uma fome voraz; ao mesmo tempo que vai melhorar os níveis de hidratação do corpo e neutralizar os agentes que contribuem para o envelhecimento. Que o digam Lucy Liu, Uma Thurman e Beyoncé!

Diga sim:

  • Ao exercício físico regular.
  • Às proteínas, para uma pele mais firme; aos cereais integrais e aos vegetais verdes (alface, brócolos, espinafres…) para fortalecer os vasos sanguíneos e prevenir a retenção de líquidos.
  • Ao peixe rico em ómega 3 (atum, salmão, sardinhas…), à clara de ovo e à carne branca, para tonificar os músculos e a pele.
  • Às framboesas, para um excelente efeito antioxidante.

Diga não:

  • Às comidas com muito sal (nozes, charcutaria, refeições pré-cozinhadas…) e à água com gás porque provocam a retenção de líquidos. Limite as sopas, pelas mesmas razões.
  • Aos alimentos susceptíveis a uma maior exposição a químicos, pesticidas e herbicidas. Uma das razões para a formação de celulite está relacionada com a acumulação de toxinas no corpo.

Dieta dos 5 Factores

O básico

Nesta dieta, o número cinco domina: este plano, pensado para 5 semanas, sugere 5 refeições diárias, cada uma preparada com apenas 5 ingredientes e confeccionada em apenas 5 minutos. São ainda permitidos 5 dias “livres” (um por semana) durante os quais pode comer o que quiser! Os resultados são bem visíveis nos corpos de estrelas com Alicia Keys, Eva Mendes e Jessica Simpson.

Diga sim:

  • Às refeições com proteínas (frango, peixe ou lacticínios magros), hidratos de carbono (frutas e vegetais), fibras (cereais integrais), gorduras saudáveis (azeite) e líquidos (água ou outras bebidas sem açúcar).
  • Às porções de comida mais pequenas, a menos calorias e ao controle do apetite.
  • Aos 5 exercícios diários, com a duração de 5 minutos cada.

Diga não:

  • Aos doces, bolos, bolachas, pão branco e até certas frutas, como as uvas, que estimulam o apetite, levando-o a comer excessivamente na próxima refeição ou fora de horas.
  • Às cinco semanas apenas e faça deste o seu novo estilo de vida alimentar.

Dieta de Atkins

O básico

Conhecida pela redução radical de hidratos de carbono, esta dieta privilegia as proteínas e as gorduras. Ao reduzir a ingestão de hidratos de carbono, o metabolismo do corpo, que deixa de ter açúcar para queimar, queima a gordura armazenada no corpo. A dieta está dividida em 4 fases: Iniciação, Perder Peso Continuamente, Pré-Manutenção e Manutenção – durante as primeiras duas fases, são apenas permitidas a ingestão de 20 gramas de hidratos de carbono por dia, uma dose que, na última fase, aumenta para 60 a 90 gramas diárias. A Jennifer Lopez, a Renée Zellweger e a Calista Flockhart não trocam a Dieta de Atkins por nada.

Diga sim:

  • À água. Beba, pelo menos, 8 copos por dia.
  • À carne, peixe, lacticínios e óleos, que pode consumir sem restrições.
  • Aos suplementos vitamínicos e minerais, nomeadamente na primeira fase da dieta.
  • Ao exercício físico regular.

Diga não:

  • Às frutas, cereais, pão branco, bolos, massa, arroz e alguns vegetais (como cenouras e batatas) que não são permitidas durante a primeira fase.
  • Ao café, ao chá e outras bebidas que possam conter cafeína – estas bebidas abrem o apetite, dando vontade de consumir açúcar e doces.
  • A comer, por comer. Coma apenas quando tem fome.
  • Aos fritos.

Dieta Zone

O básico

Este plano equilibra as porções dos alimentos no prato da seguinte forma: 30% de proteínas magras, 30% de gorduras “boas” e 40% de hidratos de carbono. A outra regra de ouro é comer várias vezes ao dia – três refeições, um lanche e uma ceia – não deixando passar mais de cinco horas entre cada refeição. A fórmula 30-40-30 é seguida por Jennifer Aniston, Brad Pitt, Demi Moore e Sandra Bullock.

Diga sim:

  • Às proteínas (fruta e vegetais verdes), pelo menos 85 a 110 gramas por refeição.
  • Aos alimentos magros (frango, lacticínios, peixe branco, clara de ovo).
  • À prática de cozinhar com vapor.
  • A um metabolismo acelerado, com o método 30-40-30.

Diga não:

  • Ao álcool.
  • Aos hidratos de carbono com açúcar.
  • Ao consumo excessivo de azeite e óleo.
  • Às gemas de ovo.

Dieta de South Beach

O básico

Nesta dieta, o mais importante é a qualidade e não a quantidade de comida. Dividido em três fases, o plano prevê, num primeiro passo, a substituição de amidos e açúcares, por proteínas e vegetais, sem esquecer os lanches e algumas sobremesas. Na fase seguinte, aprende-se a introduzir, no plano de alimentação, os hidratos de carbono “bons”, caso dos cereais integrais e a maior parte das frutas. Na última fase, já com direito aos açúcares e às gorduras “boas”, o objectivo é a manutenção e a continuidade, para que esta deixe de ser uma dieta e passe a ser a sua nova forma de comer. Nicole Kidman e Bill Clinton juram-lhe fidelidade.

Diga sim:

  • Às frutas, vegetais, cereais integrais, carne vermelha e branca, peixe, queijo, ovos, nozes, azeite, lacticínios magros.

Diga não:

  • Ao álcool.
  • Ao açúcar branco, farinha branca, batatas fritas de pacote, doces, bolachas, bolos, manteiga e charcutaria.

Classifique o artigo

Average: 3.8 (31 votos)