5 novas dietas para experimentar em 2009

5 novas dietas para experimentar em 2009
5 novas dietas

Com cada novo ano chegam os balanços do ano transacto e as previsões e tendências para o actual. As dietas não são excepção e as novidades multiplicam-se, todas elas com promessas de resultados rápidos e eficientes no que toca a perder alguns quilos indesejados. Estas são, para já, as cinco novas dietas para 2009, todas elas com direito a livro para servir de motivação.

The Lunch Box Diet

Concebida pelo personal trainer britânico, Simon Lovell, o que começou por ser um simples e-book de 10 páginas é, neste momento, uma das grandes sensações em matéria de dietas para 2009. A ideia é resgatar a velhinha lancheira dos tempos de escola e, todas as manhãs, recheá-la com uma mistura altamente nutritiva de alimentos – 60% de vegetais, 30% de proteínas e 10% de gorduras – para ir petiscando ao longo de todo o dia, de preferência, de duas em duas horas para não cometer excessos quando se sentar à mesa para desfrutar das restantes refeições. Diz-se que os resultados são visíveis após uma semana e que, no final de 30 dias, uma perda de 6 quilos não é irrealista… mas, claro, cada caso é um caso. Veja mais em www.lunchboxdiet.co.uk.

The Engine 2 Diet

Quando um dos bombeiros da companhia Engine 2 no Texas revelou um nível de colesterol de 344(!), Rip Esselstyn, ex-atleta profissional e colega bombeiro, dedicou-se à criação de um plano especificamente desenhado para todo o quartel. A dieta Engine 2 revelou-se um sucesso quase imediato – todos os bombeiros perderam peso (alguns mais de 9 quilos), incluindo o do colesterol elevadíssimo, que o baixou para 196. Uma vez testada, a dieta é agora livro, tendo estado na lista de bestsellers do New York Times durante várias semanas. O plano de 4 semanas está centrado no consumo de vegetais, legumes, fruta, cereais, nozes e sementes (com mais de 125 receitas saborosas) e um regime de exercício físico inspirado na actividade dos bombeiros. Em conjunto, esta dieta revela-se eficaz para a perda de peso e a diminuição de colesterol, não só para ficar em forma, mas também para reduzir o risco de todo o tipo de doenças, nomeadamente as cardiovasculares. Veja mais em www.theengine2diet.com.

Your Big Fat Boyfriend Diet

Talvez a mais surpreendente das novas dietas para 2009, esta está exclusivamente direccionada às mulheres que engordam graças aos namorados ou maridos. Porquê esta abordagem? Porque inúmeros estudos já demonstraram que a maioria das melhores engorda quando está envolvida numa relação de longa duração ou depois de casar. A autora da dieta, Jenna Bergen, explica as grandes diferenças entre o metabolismo masculino e feminino e porque é que as mulheres não podem, nem devem comer tanto como os homens. No livro, que já foi apontado como divertidíssimo de ler, vai ainda mais longe, dando dicas para comer de forma saudável mesmo quando se come fora e nos locais menos saudáveis possíveis, bem como receitas saudáveis que não vão deixar o namorado/marido com fome. A cereja em cima do bolo são as inúmeras sugestões criativas para os casais se manterem activos e em forma. Veja mais em www.bigfatboyfriend.com.

The Clean Diet

O médico Alejandro Junger é o cérebro por de trás desta dieta que afirma ser muito mais do que isso ao assumir-se como o “programa revolucionário para devolver ao corpo a sua capacidade natural de se curar”. O cardiologista nova-iorquino defende que muitas das patologias que nos perturbam continuamente – alergias, constipações, gripes, insónias, problemas de pele, digestivos e intestinais; depressão, ansiedade, fadiga, dificuldade em perder peso – não são mais do que a acumulação de toxinas nocivas no organismo. Nada que uma boa desintoxicação não pode curar para resultados surpreendentes: o fim de um mal-estar incessante, perda de peso e um verdadeiro sentimento de bem-estar. Como? Através da eliminação de lacticínios, carne, marisco, cereais com glúten, nozes gordas, batatas, tomates, pimentos, beringela, alimentos processados (incluindo produtos de soja), condimentos, açúcar, álcool, café e refrigerantes. Ninguém disse que uma desintoxicação seria fácil, mas se a Gwyneth Paltrow diz que é bom… Veja mais em www.goop.com/newsletter/15/.

The G-Free Diet

Depois de passar fome nas planícies australianas onde participava no reality show “Survivor”, a verdade é que Elisabeth Hasselbeck nunca se sentiu tão bem, principalmente porque há dez anos que lutava contra um mal-estar generalizado. De regresso aos Estados Unidos, foi diagnosticada com a doença “celiac” que provoca uma forte intolerância ao glúten, ingrediente-chave do trigo. Ao eliminar o glúten da sua dieta, ficou maravilhada com os resultados: emagrecimento, aumento dos níveis de energia, diminuição do colesterol e bem-estar geral. Devido a todos estes benefícios, esta dieta não é exclusiva de quem sofre da doença, mas sim aberta a todos aqueles que queiram viver de uma forma mais saudável. Neste livro, explica as melhores formas de retirar o glúten da mesa, dezenas de receitas, dicas para comer fora e como decifrar os rótulos dos alimentos para não comprar glúten sem querer. Uma revolução na forma como podemos vir a comer… Veja mais em www.gfreediet.com.

Classifique o artigo

Sem votos