Dieta Nota 10

Dieta Nota 10
Fita métrica

Adaptada pelo endocrinologista brasileiro Guilherme de Azevedo Ribeiro, a partir de uma dieta de origem norte-americana, a Dieta Nota 10 segue a máxima “comer e emagrecer é mais simples do que se imagina”. Sabe porquê? Porque este regime alimentar permite-lhe comer aquilo que quiser, apenas terá de aprender a consumir os alimentos nas quantidades certas para perder ou manter o seu peso ideal. Curioso? Continue a ler.

Nota 10, 20, 30, 40, 50…

A Dieta Nota 10 segue um sistema alimentar relativamente simples onde cada alimento tem um valor em notas. Dependendo do seu peso, cada pessoa terá um determinado número de notas para gastar, todos os dias, em alimentação, podendo escolher comer o que lhe apetecer, às horas que pretender, sem culpas ou restrições, desde que não ultrapasse o seu “crédito”. Trata-se de comer com inteligência para sentir-se bem e para começar a ver os quilos a desaparecer. A Dieta Nota 10 prevê a perda de um quilo por semana no primeiro mês, um valor que, apesar de baixar nos meses seguintes, permite um emagrecimento gradual, que depressa deixa de ser uma dieta e passa a estilo de vida saudável.

A quantas notas tem direito?

A quantidade de notas a que cada pessoa tem direito difere de mulher para homem e baseia-se exclusivamente na altura de cada um:

  • Mulheres até 1,60m: 450 notas/dia
  • Mulheres entre 1,60m e 1,70m: 500 notas/dia
  • Mulheres acima de 1,70m: 550 notas/dia
  • Homens até 1,65m: 600 notas/dia
  • Homens entre 1,65m e 1,75m: 650 notas/dia
  • Homens acima de 1,75m: 700 notas/dia

Distribuição de alimentos

Conhecido o número de notas que tem à disposição para “comprar” os seus alimentos diários, a fase seguinte requer que se familiarize com as tabelas da Dieta Nota 10 que atribuem à maioria dos alimentos a sua respectiva nota. Embora inicialmente terá de consultar várias vezes essas tabelas, depressa perceberá que, regra geral, uma fatia de pão ronda as 30 notas, uma peça de fruta “custa” 25 notas e uma porção de carne equivale a 50 notas. Em pouco tempo, saberá quantas notas vale cada alimento e fará a sua escolha sem qualquer dificuldade. A Dieta Nota 10 recomenda apenas que a distribuição dos alimentos seja feita da seguinte forma: 20% de proteínas, 30% de gorduras e 50% de hidratos de carbono.

Exemplo de um menu

Para um homem que tenha direito a 700 notas por dia, este poderia ser um bom exemplo de um menu diário segundo a Dieta Nota 10:

Pequeno-almoço (200 notas):

  • café com leite
  • pão
  • presunto
  • 1 peça de fruta

Almoço (235 notas):

  • 1 bife médio
  • 4 colheres de arroz
  • 2 colheres de feijão
  • verduras e legumes à discrição
  • 2 colheres de maionese light
  • 1 pão

Jantar (225 notas):

  • 1 soufflé
  • 1 pedaço de frango assado
  • 2 colheres de arroz
  • legumes e verduras à discrição
  • gelado para sobremesa

Nas principais refeições do dia foram gastas 660 notas, o que deixa um crédito de 40 notas que podem e devem ser gastas nos lanches a meio da manhã e da tarde – isto porque, a Dieta Nota 10 recomenda que ninguém passe mais de quatro horas sem comer alguma coisa. Um regime simples e de fácil memorização que lhe permite comer de tudo um pouco (até gelado!), sem passar fome ou sentir-se privado dos seus alimentos preferidos.

Dicas extra

  • A principal dica para assegurar o êxito da Dieta Nota 10 é não ultrapassar o seu crédito diário. Se o fizer, no dia seguinte volte a cumprir o valor das suas notas.
  • Existem milhares de menus que podem ser elaborados seegundo a Dieta Nota 10, que não exige que faça 3, 5 ou 8 refeições diárias – faz as que pretender, com os alimentos que mais aprecia, desde que no final, não ultrapasse o seu crédito diário.
  • Se optar por ingerir apenas metade de um alimento que custe, por exemplo, 25 notas, arredonde sempre a conta final, ou seja, em vez de 12.5 notas, considere que foram 15 as notas gastas. Para além de ser mais fácil contabilizar, acaba por ser um valor mais real.
  • Existem vários alimentos na Dieta Nota 10 que não têm qualquer valor, ou seja, pode comer e saboreá-los à discrição.
  • Por outro lado, se a tabela indicar que um bife médio “custa” 50 notas e, na realidade, vai comer um bife grande, esse valor duplica automaticamente. Seja realista no que toca às quantidades dos alimentos ingeridos.
  • Depois de emagrecer com a Dieta Nota 10 pode continuar a segui-la para ajudar a manter o peso alcançado, com a vantagem de agora dispor de 40% mais notas do que quando seguiu o regime com o propósito exclusivo de emagrecer, ou seja, se para perder peso tinha um crédito de 500 notas diárias, para manter esse peso terá agora direito a um crédito de 700 notas diárias. Para quem seguir um plano de exercício físico regular, tem um bónus adicional de 50 notas por dia.
  • Trata-se simplesmente de disciplina, para manter a linha! Para aprender mais sobre a Dieta Nota 10 e ter acesso às tabelas de notas, faça o download do e-book correspondente.

Classifique o artigo

Average: 4.3 (98 votos)