A Dieta Intelectual

A Dieta Intelectual
Tomates

Gosta de ver tudo preto no branco, saber exactamente o que pode ou não consumir numa determinada dieta? Apresentamos-lhe a Dieta Intelectual, um regime alimentar que tem na sua base o índice glicémico dos alimentos, para que não haja dúvidas e para que possa perder, em 3 semanas, 4 quilos.

O que é?

A Dieta Intelectual é uma dieta racional que segue à risca a tabela do índice glicémico dos alimentos que agrupa os alimentos em três categorias: índice glicémico baixo (igual ou menos de 55), médio (55-70) e elevado (superior a 70). Quanto mais alto for o valor, mais rapidamente são assimilados os alimentos, o que contribui para o armazenamento de gorduras indesejadas; quanto mais baixo for o valor, mais lentamente são assimilados os alimentos, o que contribui para uma sensação maior de saciedade, evitando ainda a produção de gorduras localizadas. A Dieta Intelectual apresenta uma forma diferente de conhecer os alimentos – procurando idealmente opções que situam os valores glicémicos entre o baixo e o médio para realmente conseguir perder os prometidos 4 quilos em 3 semanas.

Restrições & Permissões

  • Deve fazer refeições completas e nunca saltar nenhuma.
  • Pode consumir um máximo de 3 peças de fruta e 3 produtos lácteos (magros) por dia.
  • Pode consumir um máximo de 3 ou 4 ovos por semana.
  • Pode consumir cereais ou hidratos de carbono ao almoço 2 a 3 vezes por semana.
  • Uma refeição composta por proteínas ou féculas deve ser sempre acompanhada de legumes.
  • Não é aconselhado o consumo de bebidas açucaradas (sumos, refrigerantes…), bebidas brancas, champanhe e cerveja; nem de doces e guloseimas processadas.
  • Pode beber água, café e chá à discrição, mas apenas descafeinado; é ainda permitido um copo de vinho branco ou tinto por dia.
  • Opte sempre por carnes magras.
  • O pequeno-almoço deve ser bastante completo, com um índice glicémico baixo e preferencialmente composto por pão integral ou de centeio, fruta e proteínas (ovo, fiambre e queijo magro, manteiga e compota light…); bem como café ou chá descafeinado.
  • Ao almoço privilegia-se as proteínas (carne magra, peixe, aves), os legumes (excepto abóbora, beterraba e cenouras que têm um índice glicémico elevado) e os cereais (arroz selvagem ou integral, massa integral, lentilhas…), com direito a um queijo ou iogurte magro, uma peça de fruta (excepto banana, melão, melancia, ananás e fruta exótica que têm um índice glicémico elevado) e um quadrado de chocolate para acompanhar o café (descafeinado).
  • O jantar é a refeição mais leve do dia e deve ser constituído exclusivamente por proteínas (excluindo a carne e o queijo), legumes (cozidos, crus, congelados, conserva…) e uma sobremesa (fruta, iogurtes, sorvetes light, chocolate preto…).
  • Se os seus desejos forem doces, pode deliciar-se com as seguintes opções: 1 peça de fruta e 5 nozes; 3 quadrados de chocolate preto ou 1 iogurte magro com canela.
  • Se os seus desejos forem salgados, pode deliciar-se com as seguintes opções: 1 porção de queijo magro, camarão com casca, azeitonas verdes ou pretas.
  • Aconselha-se a prática de exercício físico como caminhar, correr ou hidroginástica para combater as gorduras localizadas.

Sugestão de um menu diário

Pequeno-almoço

  • Chá ou café descafeinado sem açúcar
  • 1 ovo quente
  • 2 fatias de pão de centeio
  • 2 fatias de queijo magro
  • 1 maçã

Almoço

  • 1 bife de vaca grelhado
  • Tagliatelli integral
  • Tomates recheados
  • 1 maçã
  • 1 copo de vinho tinto

Jantar

  • Creme de tomate
  • Ovos escalfados com espargos
  • 1 iogurte magro com canela

Classifique o artigo

Average: 3.6 (19 votos)