5 bons motivos para saltar à corda… e perder peso

5 bons motivos para saltar à corda… e perder peso
Mulher a saltar à corda

Iniciar e manter um regime de exercício físico nem sempre é fácil, simplesmente porque acabamos por nos cansar com movimentos repetidos e sessões de aeróbica monótonas – daí até a desistência total é um saltinho. Por isso mesmo, há que variar o máximo possível as actividades físicas praticadas e explorar coisas novas... caso do saltar à corda. Sabia que saltar à corda queima três vezes mais calorias do que a corrida?

Saltar à corda é, à primeira vista, uma recordação das nossas brincadeiras infantis e, por isso mesmo, algo muito fácil de executar. No entanto, só quem já se dedicou plenamente e durante largos minutos a saltar à corda é que sabe o quão difícil pode realmente ser. É por esta e por outras que saltar à corda é uma das formas mais rápidas e eficazes de queimar gordura:

  • Trabalha o corpo por inteiro. Qualquer tipo de exercício físico que trabalhe intensamente múltiplas partes do corpo em simultâneo irá queimar as gorduras indesejadas ainda mais rapidamente. Saltar à corda é uma dessas actividades. Quando salta à corda está a utilizar os ombros, bíceps e antebraços para virar a corda; os abdominais para se manter direito; e os músculos da barriga das pernas, coxas e glúteos para saltar. Quantos mais músculos estiverem envolvidos numa sessão de exercício, melhor. 
  • É extremamente intenso. Em termos de actividade física, saltar à corda é fantástico porque, ao contrário de outros tipos de exercícios cardiovasculares, permite exercitar pernas e braços em simultâneo e com a mesma intensidade. Quanto mais depressa saltar, mais calorias vai queimar. Para intensificar ainda mais este workout, pode fazer saltos duplos, em vez de um salto de cada vez – um verdadeiro desafio.
  • O metabolismo mantém-se elevado. Se quer perder peso rapidamente, é importante escolher e praticar exercícios que irão manter o ritmo cardíaco elevado mesmo depois de concluída a sessão. Saltar à corda é precisamente um desses exercícios. Para além do trabalho intensivo dos músculos, também os pulmões vão receber um workout tão intenso que o ritmo metabólico vai manter-se acelerado e irá continuar a queimar calorias, mesmo depois de arrumada a corda.
  • É um exercício diversificado. Muitas pessoas pensam que saltar à corda é entediante porque não é nada mais do que dar saltos repetidos, sem sair do sítio. Felizmente, saltar à corda é muito mais do que isso: é um exercício com tantas variações quanto as partes do corpo que consegue trabalhar. Em vez de saltar, pode-se correr no sítio para exercitar melhor as pernas, levantar os joelhos para trabalhar os abdominais, cruzar e descruzar a corda para trabalhar os braços e ombros, saltar com a corda ao contrário, saltar com ambos os pés, com um apenas, alternando do pé direito para o esquerdo... as possibilidades são muitas e cruciais para não cair na monotonia e, pior, na desistência.
  • Não requer muito tempo. Devido à sua intensidade, abrangência, diversidade e efeitos duradouros, não necessita de passar horas a saltar à corda para ver os tão desejados resultados. Bastam 5 a 15 minutos por dia para depressa se sentir e estar em forma; e para quem quer manter um elevado nível de fitness, não precisa mais do que 20 minutos, três vezes por semana.

8 dicas para saltar à corda como um atleta

Saltar à corda é mais do que uma simples brincadeira de crianças, pode ser um workout intensivo e revigorante, que contribui para a perda de peso e a tonificação do corpo em geral… por isso, há que saber saltar bem, para potenciar cada uma das sessões saltantes:

  1. Faça alongamentos/exercícios de aquecimento antes de começar a saltar.
  2. Mantenha os ombros e os braços relaxados, as costas direitas.
  3. Aponte os dedos dos pés para a frente.
  4. Lance cada salta a partir dos dedos dos pés e aterre suavemente na bola do pé.
  5. Salte apenas o suficiente para deixar a corda passar debaixo dos pés.
  6. Respire fundo pelo nariz.
  7. Varie os exercícios.
  8. Acompanhe cada sessão com música bem mexida!

Classifique o artigo

Average: 4.7 (250 votos)